quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

PEDIDO DE DESCULPAS




Todo mundo tem desculpas a pedir.
Pisar no pé alheio?... Desculpe.
Esbarrar em alguém?.... Desculpe
Entrar na frente de uma pessoa sem perceber?... Desculpe.
Trocar o nome da pessoa, do país, da cidade?... Desculpe.
Atrasar para um compromisso?... Desculpe.
Não saber o que dizer?... Desculpe
Enfim, dá pra enfileirar uma montanha de situações em que é obrigatório ou educado pedir desculpas.
Faça sua lista.

Sempre achei digno pedir desculpas.... Até agora.

Pessoas inteligentes, supostos intelectuais e até mesmo políticos acham que ninguém conhece Maquiavel e se esbaldam com a deformação atual dessa palavra gentil e necessária para uma boa convivência.  
Ofende – se publicamente uma pessoa, uma nação, uma raça, uma etnia, maltratam animais, crianças, idosos e .... DESCULPE!!!!!????  E basta??? E se você não desculpar, você que é o mau caráter???

Banalizam a origem moral da palavra desculpa.
Zombam dessa palavra.
Esta ficando óbvio que tem muita gente de má fé que raciocina muito bem o que vai dizer antes já pensando, ironicamente, em pedir desculpas depois.
Então somos obrigados a ouvir estas frases muito usadas atualmente:
“ Eu já pedi desculpas por isso! Que mais vocês querem?”
Eu respondo:
- Quero que pense antes de emitir sua maldadezinha com o intuito de zombar pedindo desculpas depois.

Não estou mais disposta a acreditar em desculpas. Uma pena, por que sempre achei educado demais assumir um pedido desse.
Mas... O SENTIDO DESFIGUROU – SE nesses últimos tempos. Muitos parecem sofrer de astigmatismo mental.
Desculpa parece significar
– Aí, trouxa, te xinguei em rede nacional, pedi desculpas e se você não desculpar, vai ficar mal pra você mesmo. Ahahahaha ou kkkkkkk.
Desculpem, mas estou pensando muito antes de desculpar alguém que fez de conta que não sabia o que estava falando.