segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Palavras, palavras...

Bem disse Gonzaguinha "... Palavras, palavras, eu já não aguento mais..."

As pessoas falam do que sabem e até do que não sabem, falam por falar.


Isso Gonzaguinha deveria ter enviado para o congresso "... Você só fala, promete e nada faz"

Essa é a parte da música que eu mais gosto:

"Palavras, palavras...Desde quando sorrir é ser feliz, cantar nunca foi só de alegria, com o tempo ruim todo mundo também dá bom dia."

EXPLICO:
Quantas pessoas julgam os outros pela aparência, ou por aquilo que supõe que a pessoa seja?
Quantos buscam em seu íntimo escuro e nojento os dardos para ferir a quem se inveja?
Quantos julgam baseados em seu credo religioso enviando para o inferno quem não professa a mesma fé?

Imaginar facilidade e felicidade na vida alheia é muito fácil, como é muito fácil e medíocre julgar pela aparência.
Muitos que encontramos em nossas vidas estão lutando arduamente com seus problemas, dificuldades e tragédias pessoais. Pode sorrir apenas pela gentileza em não mostrar um semblante triste ao mundo, mas por dentro carregam suas dores.
Tem uma frase atribuída a Platão que resume minha falta de palavras para demonstrar o que penso e sinto:

"Seja gentil, pois cada pessoa que você encontra está lutando uma batalha difícil"