segunda-feira, 29 de abril de 2013

PORQUE ALGUNS PREFEREM BICHOS AOS SERES HUMANOS?


Por que quase todo mundo que lida com cães abandonados tem estresse? Ficam revoltados, preferem bichos ao ser humano, se metem em brigas feias quando veem alguém batendo em um animal?
Qual a razão dessa quase neurose ao defender um simples cão, gato, cavalo etc?
Por que muitos protetores se isolam e são meio ranzinzas?
O que leva gente a preferir a companhia de cães e gatos do que de seres humanos?

Somente quem ja viu de perto a crueldade, os maus tratos infringidos à seres indefesos consegue entender as atitudes desses admiráveis "neuróticos de guerra" contra atrocidades inimagináveis para quem nunca presenciou a ferocidade humana na batalha contra a vida animal. 

Estamos num país onde muitos não respeitam a vida humana.
- Matança generalizada de gente desarmada em todos os sentidos, inclusive desarmadas de ódio.
- Queima - se viva quem levou uma vida digna, dedicada à família e somente fez o Bem.
- Mata - se os pais a golpes de porretes.
- Atira - se na cabeça de um jovem trabalhador que entrega sem resistência seu celular na porta de casa.
- Bebe e sai para matar crianças e outros humanos indefesos cujo único mal foi andar nas calçadas.
- Estupra - se bebês e velhinhas. 
- Desvia - se verba da Saúde.

Vou parar a relação cruel e torpe por aqui, senão corro o risco de vomitar de nojo.

Agora, se fazem isso com um semelhante, com quem, no mínimo, consegue implorar pela vida em nome de Deus.
Pense!
O que fazem com um bichinho que não fala nossa língua, cuja única defesa é latir, rosnar, miar, soltar um rugido, arreganhar os dentes ou mostrar as unhas?

A covardia em assassinar um animal é bem maior do que enfrentar outro filho de Deus, que pode soluçar implorando misericórdia.

Vocês não imaginam as barbaridades cometidas contra animais! 
Não dá para explicitar. Não dá para entender. Não dá para colocar aqui.
Na hora que vemos essas aberrações contra um cachorrinho ou gato, dá vontade de gritar! De não acreditar que alguns humanos foram feitos a imagem e semelhança de Deus! Os sentidos ficam abalados. A descrença na raça humana é total. 
Procuramos, internamente, com muita acuidade se não carregamos o vírus da covardia cruel da raça humana e quando não encontramos esse vírus dentro de nós, não conseguimos compreender a existência do mesmo nos desprovidos de alma.

Em resumo, a pressão em suportar imagens terríveis de selvageria humana contra animais quase enlouquece pessoas mais frágeis. 
Ve - se claramente a maldade fria que corre nas veias de alguns seres humanos ou desumanos.
Não dá para entender a falta de sentimentos desses monstros, mas que são pessoas comuns, que andam disfarçados de humanos em meio à sociedade.

No entanto, ao lidar com os bichinhos espancados, mutilados, estuprados e apavorados, em choque, soltando xixi e coco pelas pernas, mordendo de lado numa última tentativa de se defender, surge, nas mentes dos defensores, além da "neurose de guerra" um sentimento de profundo respeito e amor pelos seres humanos não contaminados pela covardia cruel.

Revela - se:
Gente boa existe sim. Gente grandiosa que vive nesse lodo cruel da malignidade, mas não se deixa sujar.
Seres humanos que sorriem, estendem a mão não apenas aos animais irracionais, mas também ao outro ser humano.
Gente que alimenta, que cuida, que é gentil e que às vezes nem tem animal em casa, mas que respeita a Criação Divina.

Uns preferem a escuridão da perversidade enquanto outros preferem a Luz da paz.

Há esperança. 
Eu admiro os protetores da Vida.
Todo meu respeito àqueles que fizeram opção pela Luz do Amor.