domingo, 4 de agosto de 2013

VIDA APÓS A MORTE

Não somos eternos neste planeta! De vez em quando se faz preciso lembrar.

Muita gente crê numa  vida após a morte do corpo. Pode ser que exista, para falar a verdade, torço para existir uma vida melhor, um "wonderful world", um lugar mais amigável, amoroso, com seres que respeitam a dor alheia, cuja maldade (pequeninas e grandiosas) tenham sido excluídas da convivência harmônica.
Mas, que não seja apenas contemplativa, que tenha festas, encontros, namoros, passeios com crianças e cachorros e gatos e todos os animais sem receio de perde - los ou de serem maltratados. 
Pode ter até um dorzinha de amor, mas apenas uma dorzinha que logo se acabe com beijinhos.
Pode ter, também, uma gripezinha com temperatura ligeiramente alta, só para a mãe vir trazer o chá e nos olhar "daquele jeito" que só elas sabem olhar. Ah! o pai pode ser meio chato, mas tem que esconder lagrimazinha de alegria orgulhosa que eles costumam soltar às escondidas.
Tudo isso e um pouco mais.

Já imagino minha mãe correndo para me abraçar, secando a mão no avental, quando eu chegar lá cansada, emocionada e chorando ao revê - la após tantos anos de separação.
Sim, comer uma macarronada neste "wonderful world" não seria nada mal, se fosse feito pelas mãos dela. 
Ver meu pai velhinho, sentado, todo sentimental, fazendo cara de bravo, mas amolecendo ao ver que chego e chego feliz  com a mente tranquila de dever cumprido, apesar de minhas fraquezas.

Não, não estou pensando, nem querendo morrer, não me interprete de forma errada. 
Só acredito que pensar na única coisa inevitável nesta vida, pode nos ajudar a vivê - la melhor, com mais qualidade e menos presunção.
Muito parecem querer morrer antes da hora e se entopem de coisas que os aniquilam, inclusive pensamento odiosos, invejosos e sombreados de crueldade. 
Outros vivem à margem da vida, criticando de maneira mesquinha os erros dos outros como se eles mesmos não os cometessem.
E aqueles que praticam a burrice da intolerância... ?
Os cuidadores da vida alheia?
E, os mais tristes, os que não amam ninguém, que odeiam os pais sem nem saber por quê,  que odeiam animais,  não suportam crianças....?

Não sei se existe vida após a morte. 
O que sei é que a morte existe para todos.
Muitos estão vivos apenas na aparência.
Muitos estão mortos, mesmo respirando.
Muitos mortos que respiram querem matar os sonhos dos vivos.
Muitos vivem mortos. MUITOS VIVEM UMA ETERNIDADE NUMA VIDA SÓ.